terça-feira, 31 de julho de 2012

Minha Pátria é o Universo!


Disse o Anjo de Luz: Eu Sou cidadão do Cosmos. Filho das estrelas Eu Sou. Tantos mundos eu conheci. Já nasci na Lemúria e na Atlântida. Fui cidadão egípcio, indiano, africano, europeu,  americano...
Família! Quanta ternura recorda a família!  Tive tantas famílias nos planetas que já habitei!
Posso com certeza afirmar, tive tantas famílias como as areias das praias, nas minhas múltiplas existências planetárias.
Que incompreensível atropelo de separação, sãos as fronteiras, as raças e as classes sociais!
Tudo no Universo nos mostra a solidariedade e união, no mundo das algas, dos bosques, das constelações que singram juntas nas rotas siderais, galáxias e universos, tudo estampa a unidade de vidas que se juntam, para unidas, buscar os seus destinos.
As mãos que se cumprimentam, os olhares que se cruzam, o calor do amplexo, expressam o sentimento de união.
Portanto sou um espírito de Deus, um clarão de luz que singra o espaço, uma chama inextinguível, um pulsar eterno no coração de Deus.
É pecado encarcerar o amor na prisão separatista.
É pecado negar amor a qualquer alma, chispa do Deus Eterno.
Só existe uma Pátria, o Cosmos; só há um Pai: Deus o Eterno Amor!

Postar um comentário