terça-feira, 19 de julho de 2011

Os Tipos De Amor



Eis então que surge o Grande Amor em nossa vida! Quem nuca amou alguém que jogue a primeira pedra! Dizem que amamos apenas uma vez em nossa vida, o restante é conseqüência de uma boa companhia e um bom relacionamento. Turbulências e outras situações neste nosso lado do peito quem foi que não passou por estas situações, mas o importante é estar bem conosco, ter a mais e pura sinceridade, confiança e respeito ao nosso companheiros(as) e esposas(os).

Temos muitos e diversos tipos e forma de amar a seguir:


Eros (Físico) - Na Grécia antiga, Eros, o filho da Deusa da Beleza Vênus, encantava a todos com a sua presença viril. É o amor baseado na carne, na beleza e os dotes físicos exercem um papel fundamental nesse tipo de amor.


Ágape (Deus) -  Amor de doação e amor divino. Aparece na bíblia como o amor de Deus pelos homens. É o amor fraterno, cristão, um amor altruísta, onde todo sacrifício e atenção estão voltados para atender o outro sem querer nada em troca.


Lúdico (Jogo) - Amor lúdico, predominam as brincadeiras e o jogo amoroso. É divertido, descontraído e prepara melhor os amantes para experiência do prazer. Não existe o sentimento em sí mas o prazer do conhecimento mútuo, do estar juntos.


Dependência - Esse amor se baseia no sentimento de controle e posse. A ansiedade, a angústia, as inseguranças estão sempre atormentando a relação que não cresce. É um amor verdadeiro porém refém, de seu desgaste natural.


Pragma (Favores) - Baseia-se com fundamentos racionais e práticos. É necessário que convicções sociais sejam compatíveis. É a relação onde ambos possuem interesses além da relação, ou seja, comodidade de estarem juntos, troca de favores.
.
Não amamos porque somos naturalmente bons, mas porque nascemos da graça. Não cumpriremos a lei para fazer-nos “justos”, mas porque ele nos justificou com sua justiça. Não brilharemos porque temos luz própria, mas porque refletimos o sol da justiça!
Postar um comentário