sexta-feira, 13 de julho de 2012

TRABALHADORES DA LUZ



 
Os Trabalhadores da Luz são pessoas que crêem na PAZ, que trabalham interiormente para que ela seja possível dentro de si mesmos.

Criam um santuário de paz no seu interior, desenvolvendo a calma e a quietude.

Cultivam a Paciência: a paz dentro de cada um e a Tolerância: a aceitação das diferenças, como parte da vida e do sistema humano em que vivemos.
Vivemos num mundo diversificado, com diferentes raças, culturas, idiomas e religiões.

Aprender através da diversidade e da diferença enriquece interiormente, e faz parte da tarefa do Trabalhador da Luz.

O Trabalhador da Luz não tem filiações, nem ligação a grupos; responde ao seu próprio chamamento interior, à voz da sua consciência e à voz do seu Ser Superior - a parte mais elevada de cada Ser Humano, que o liga à divindade e à transcendência.

O Trabalhador da Luz cultiva uma convivência harmônica com todos os seres vivos que o rodeiam, com a Humanidade inteira, sem importar a sua cor, raça, religião ou crença, ou o reino a que pertencem.

O Trabalhador da Luz é um Ser Humano Universal, que se enriquece interiormente, espiritualmente, cada dia e cada noite.

Enriquece-se com leituras que elevam o seu espírito, com meditações que aquietam a sua alma, com passeios que revivem e purificam o seu ser.

Alimenta o seu corpo com comidas sãs, naturais e equilibradas e pratica, dia a dia, a tolerância e a paciência (consigo mesmo e com os demais).

A sua tarefa não tem fim.
A sua tarefa é a própria vida.

Os Trabalhadores da Luz não constituem um partido político, nem uma religião, nem uma associação formal.

São seres livres e independentes, que trabalham melhorando-se diariamente.

Esta é a sua forma de colaborar, trazendo ao mundo evolução positiva, paz, harmonia e calma.

Embora a sua tarefa seja um trabalho individual, proporciona resultados positivos ao grupo e à sociedade em geral.

O Trabalhador da Luz é um Ser Humano Autônomo e independente.

Medita diariamente para se centrar e alinhar-se com a luz divina, e, deste modo, elevar a sua consciência.

Desde uma consciência elevada, a sua voz interior, irá falar-lhe de harmonia, paz e convivência em equilíbrio com os outros seres humanos (família, amigos, etc.), e com a natureza (animais, plantas, reino mineral).

O Trabalhador da Luz respeita todos os elementos da criação, comportando-se como "guardião" da criação.

Os Trabalhadores da Luz são os guardiães da paz, do amor, das diversas culturas, das distintas crenças.

São estudiosos da grande diversidade que existe no planeta, são como antropólogos que apreciam a riqueza e o valor dos ritos ancestrais, ligando-se com as forças primordiais da Terra.

Os Trabalhadores da Luz protegem e preservam quatro elementos que constituem os elementos da vida na Terra (Terra Fogo, Ar e Água), quer no seu interior, dentro si mesmos, quer na própria natureza que os rodeia.

O Trabalhador da Luz é pacifista por natureza, afastando-se da discussão e do conflito. Trabalha para se melhorar a si mesmo, interiormente e, desse modo, melhorar o planeta.

O que significa ser um Farol de Luz

Os Faróis andam sozinhos e isolados, mas ajudam os
navegantes a não se perderem.
O Farol é um guia.
É uma luz.
São necessários muitos Faróis de Luz para
harmonizar a Terra.
Converte-te, pois, num Farol de Luz.
Medita todos os dias.
Há uma vida pacífica e harmoniosa dentro de ti.
Trata de manter o teu equilíbrio interior,
ainda que no meio do caos mais extremo.

Estamos a ser preparados para viver num mundo incerto.
A segurança não existe.
Tudo pode acontecer.

No meio destas circunstâncias adversas, o desafio é manter a calma e o equilíbrio interior.

Se tudo estiver calmo no exterior, é muito fácil manter a calma e a ordem no interior do ser.

O desafio é manter a calma interior, apesar da tempestade.

Ainda que o barco balance e a ondulação seja tremenda, mantém a calma, respira fundo e relaxa-te.

Acalma a tua ansiedade.
Respira fundo novamente, e sente como a tua respiração se torna mais suave e calma.

Pensa em algo belo.
Tal como no filme "A vida é bela", trata de criar a tua própria beleza, cria o teu próprio mundo interior, apesar das circunstâncias adversas que possam rodear-te.

Coloca na tua mente a imagem de algo que te acalme (flores, uma paisagem, o rosto de alguém que te inspire paz ).

É tempo de criar harmonia interior e de mantê-la viva.

Tal como quem acende um fogo e não deseja que se apague, precisa de alimenta-lo de vez em quando, atiçá-lo, ajeitar os troncos, etc., também nós devemos manter viva a chama da luz dentro de nós.

A tua calma interior refletir-se-á no meio ambiente que habitas, nos lugares por onde passares.

Onde quer que fores, irradiarás luz, paz, calma, harmonia.

És um Farol de luz movendo-se pelo mundo.

Esta é a tarefa do Trabalhador da Luz.

Postar um comentário