quarta-feira, 30 de maio de 2012

A ORAÇÃO INDIVIDUAL Conforme a Tradição Gnóstica


A ORAÇÃO INDIVIDUAL
Conforme a Tradição Gnóstica

A oração é a comunicação do homem para a Divindade. Através dela reverenciamos, agradecemos e pedimos, a Deus. Seja como for que imaginemos a Deus, dentro de nós, fora de nós, onipresente, informe ou antropomórficamente, toda oração é uma conversa com Deus; e este é seu objetivo maior. A prática constante da oração age no homem, notadamente nos planos do sentimento e do espírito, trazendo calor no coração, conforto e alegria.

Aquele que se afinar com a prática individual da oração, poderá também participar das práticas ritualísticas de grupo, de harmonização com a Divindade, atuando e operando no plano do bem, em conjunto com outros Irmãos da Igreja Gnóstica.

Abaixo seguem algumas observações sobre a prática das orações individuais, conforme a Tradição Gnóstica:

Periodicidade - As orações devem ser realizadas diáriamente, mesmo durante eventuais viagens. Deve-se escolher o momento mais adequado ao praticante, preferivelmente à mesma hora todo o dia, se não for possível, então a qualquer hora, ou segundo um horário variado como por exemplo: a noite, durante a semana e, de manhã cedo, nos fins de semana.

Preparação - Antes do incício e/ou após a oração, observar:
• Não comer antes, ou se pela manhã bem cedo, estar em jejum.
• Não fazer sexo antes ou imdediatamente depois.
• Evitar beber bebidas alcoólicas, não beber antes.
• Antes de iniciar a oração, lavar as mãos e o rosto com água corrente (se possível) e beber um copo de água fresca, em sinal de purificação.

Prática Pessoal
 A prática da oração deve ser pessoal, não se deve divulgá-la aos outros -"permaneçamos silenciosos para que nossas obras sejam duradouras e perenes" - agindo assim, estaremos armazenando mais energia, a qual poderá ser utilizada, quando necessário e oportuno, tanto através da própria oração, quanto de ações. Caso alguem se interesse em saber o que fazemos, podemos dizer que estamos meditando, o que não deixa de ser verdadeiro. Para que a voz do praticante não fique evidente, pode-se usar música sacra como Canto Greogoriano ou música para meditação, durante a oração.

Usando o Verbo - As orações devem ser faladas em voz alta, não se pode sussurar nem pensar; mesmo que o volume seja bem baixo (caso outras pessoas possam ouvir). É importante que as palavras sejam articuladas! Com isso estamos praticando o verbo, uma das faculdades humanas mais poderosas. Assim devemos pois nos lembrar, de não utilizar o verbo em vão, e principalmente de modo errôneo, como "falar mal dos outros" ou praguejar.

Postura - A posição adequada para orar é em pé, ou sentado, com a coluna ereta. Pode-se orar deitado, mas isto requer conhecimentos específicos. A atitude, em geral, é de reverência.

Local - Se possível, não utilizar o mesmo ambiente que se dorme, para realizar as orações.

Postar um comentário