quarta-feira, 5 de outubro de 2011

OSSÃE


OSSÃE
Senhor do segredo das folhas, habita nos lugares mais escondidos da selva. Exímio curador, reservado, silencioso, detesta falatório, alarido e confusão. Vê o mundo sem ser visto, através da ramagem das plantas, e quando se revela, mostra apenas uma banda sua. Sem ele, não há folhas e sem folhas, não há orixá. Antes de qualquer ritual nos terreiros, as folhas são selecionadas por espécie e por finalidade e utilizadas para banhos, defumações e sacudimentos. Ossãe recebe culto às quintas-feiras, suas cores são o verde em todas as variações, combinado com o rosa-claro. Sua insígnia é um fecho de sete varetas de ferro, presas a uma haste, tendo ao centro um pássaro estilizado. Recebe oferendas à base de milho, bodes e galos. Gosta de fumo de rolo, uma de suas principais oferendas.
Imagens retiradas do livro "Os Deuses Africanos no Candomblé da Bahia" de Caribé  Imagens retiradas do livro "Os Deuses Africanos no Candomblé da Bahia" de Caribé
Postar um comentário